quarta-feira, 21 de junho de 2006

Gnarls Barkley - "St. Elsewhere" [2006]


Chega ao Brasil o CD da dupla campeã de downloads

THIAGO NEY
da Folha de S.Paulo


Gnarls o quê? O nome é quase impronunciável, nonsense, mas é preciso conhecer Gnarls Barkley para tentar entender o que está acontecendo com a música pop.

Gnarls Barkley (pronuncia-se "náls barclei") é o autor de "Crazy", canção que mudou parâmetros ao se tornar a primeira música vendida apenas por download a chegar ao primeiro lugar da parada britânica de singles, competindo com os CDs físicos.

Isso ocorreu no final de março. Em 3 de abril, o Gnarls Barkley lançou a música também no "velho" formato CD. De lá para cá, o single vem freqüentando o topo da lista dos mais vendidos.

Mais: Gnarls Barkley é uma dupla. O cantor Cee-Lo (dono de uma voz suave e extensa, que parece ter sido calibrada por anos nas igrejas do sul dos Estados Unidos) e, este bem mais conhecido, o produtor Danger Mouse, que já havia colocado seu nome na história ao criar o "Grey Album" (álbum cinza), juntando as letras do "White Album" dos Beatles com as bases do "Black Album" de Jay-Z, em 2004.

Voltando a "Crazy", a música é um brilhante amálgama soul-pop-psicodélico pontuado pela voz de Cee-Lo, e o que impressiona na história é que bem antes de ter sido colocada à venda, a canção podia ser ouvida gratuitamente em vários locais da rede, como no oficial www.gnarlsbarkley.com e no site do duo no MySpace (www.myspace.com/gnarlsbarkley).

Seria esse o sinal de que os fãs de música estão interessados em pagar por canções? "Talvez... Eu sempre me interessei mais pela coisa física, por vinis e CDs, com a capa, o trabalho de arte, essas coisas. Mas é bom ter a opção de conseguir uma música on-line. Por exemplo, se, um artista que gosto acabou de lançar uma canção ou um disco novo. Se eu estiver com pressa, sem tempo de ir a uma loja, prefiro fazer o download e ouvir a música no meu iPod, no carro ou no avião", disse Danger Mouse à Folha, por telefone. "Por conveniência, o download é uma boa opção, mas eu ainda prefiro possuir um disco, com uma capa legal, todas essas coisas."

O disco da dupla, "'St. Elsewhere', já saiu na Europa e nos EUA. No Brasil, a Warner promete o lançamento para 15 de junho.

À Folha, Danger Mouse contou: 1) que a indústria da música está fazendo tudo errado em relação à internet ("Eles devem entender o que o público quer em vez de tentar impor às bandas e ao público a sua visão de negócio") e 2) que não esperava o sucesso de "Crazy": "Fiquei bastante surpreso, claro. Queríamos que as pessoas comprassem o álbum, não estávamos preocupados com nenhuma canção em particular".

"St. Elsewhere" demorou mais de dois anos para ficar pronto. Culpa dos projetos paralelos de Danger Mouse e de Cee-Lo (veja quadros abaixo). O produtor explica o processo: "Eu fiz todas as músicas, depois Cee-Lo colocou as letras por cima. Começamos antes do lançamento do 'Grey Album'. Fizemos apenas algumas canções, mas sabíamos que faríamos um álbum. Após nós dois terminarmos outras coisas, retornamos ao projeto".

O disco traz um clima variado, do soul ao pop, do funk ao rock, do rap à eletrônica. "Na época eu estava ouvindo muita coisa psicodélica, deve ser por isso que o álbum saiu assim. Gosto de rock antigo, experimental, de soul music, pois cresci ouvindo os discos da Motown dos meus pais. Adoro pop e heavy metal dos anos 80... No fundo, queria que as canções tivessem uma boa melodia boa, que fossem diferentes."

No mês passado, a dupla foi uma das principais atrações do gigante Coachella, festival norte-americano ocorrido na última semana de maio, na Califórnia. "Foi nosso segundo show. O primeiro aconteceu duas noites antes, uma apresentação secreta e pequena [no Roxy, em Los Angeles, em noite patrocinada pelo MySpace]. Foi bom, acho que o público gostou..." Em julho, o Gnarls Barkley sobe ao palco do Lollapalooza, em Chicago.

O sucesso com o "Grey Album" abriu várias portas para Danger Mouse. No ano passado, ele produziu "Demon Days", segundo álbum do Gorillaz. E, neste ano, produz faixas do próximo disco do grupo disco-punk Rapture.

"É uma rotina excitante. O disco do Gorillaz foi uma das coisas mais importantes que já fiz. Não mudaria nada naquele álbum."




1 Comments:

  • Muito legal o seu artigo. Chei a ele pq pesquisava download do album q continha a música "Crazy".
    Decidi q ela será a primeira música q ouvirei no meu carro novo.
    Se vc souber de algum lugar onde posso baixar este album, por favor me indique.
    desde já, parabéns pelo blog.
    Grande abraço

    Joao marcos
    www.joaomarcos.com.br/blog
    jmbart@gmail.com

    By Anonymous joao marcos, at 4:44 PM  

Postar um comentário

<< Home